A IMPORTÂNCIA EM MANTER UM EQUILÍBRIO AMBIENTAL ENTRE A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS E A PRESERVAÇÃO DO CAMPO


Antigamente, no meio rural era comum encontrar produtores querendo ampliar suas propriedades para produzir mais. Naquela época, entretanto, havia poucas tecnologias agronômicas disponíveis. Dessa forma, o produtor entendia a presença da vegetação nativa em seus terrenos como um contratempo e não julgava positiva a ideia de conservar esses locais e áreas de preservação permanente, resultando consequentemente em casos de desmatamento.


No entanto, sabe-se que nesses locais de mata não é possível realizar agricultura e pecuária. Mas graças aos avanços tecnológicos, essa realidade mudou.

Nos dias atuais, todos os profissionais responsáveis por cuidar do campo, bem como os produtores, sabem que para produzir mais não é preciso uma área exorbitantemente grande, mas sim uma área que condiga com a necessidade dele. Para isso, basta usar as ferramentas e conhecimentos técnicos certos para aperfeiçoar o uso da propriedade e gerar mais alimentos mantendo a preservação do meio ambiente.



0 Comentários