AULAS DIGITAIS: O FUNCIONAMENTO DOS PROJETOS SOCIAIS EM MEIO À PANDEMIA

abril 02, 2021


A pandemia do novo coronavírus fez com que todos os brasileiros fossem para as suas casas em meados de março de 2020 – e que pode se repetir neste ano. Trabalhadores, profissionais autônomos e liberais, prestadores de serviços... Todos, sem exceção, precisaram se reinventar em suas respectivas profissões. Isso tudo para que os efeitos causados pela crise de saúde mundial envolvendo a Covid-19 fossem minimizados.

Sabe-se, portanto, que os estudantes não foram poupados – eles também precisaram entrar em isolamento, algo que muitos ainda seguem à risca nos dias atuais. Consequentemente, os projetos sociais que os envolviam foram repensados e retrabalhados de acordo com a necessidade sanitária estipulada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como é o caso do Pescando e Plantando Inclusão, Jovem Aprendiz Rural e Biodiesel na Escola, todos desenvolvidos pela Associação Caminho das Águas do Tijucas, município catarinense.

No ano passado, os projetos sociais da ACAT foram adaptados para o ensino online, o que foi bem proveitoso pelos alunos, uma vez que, em casa, estavam carentes de aprendizados diferentes daqueles ensinados em sala de aula. Para 2021, novidades: além das conhecidas atividades disponibilizadas no blog acatijucas.com e disseminadas em grupos específicos com os participantes via aplicativo de mensagens instantâneas, serão desenvolvidas vídeo-aulas com educadores gabaritados acerca de cada tema.

Para participar, as crianças e adolescentes (com aprovação dos pais) podem se inscrever gratuitamente pelo link, seguindo as instruções lá descritas. As aulas são adaptáveis conforme a rotina dos jovens inscritos, sem quaisquer cobranças indevidas, e tem duração até o fim do ano letivo escolar.


You Might Also Like

0 comentários