VOCÊ VIU UM ALIENÍGENA POR AÍ?

setembro 15, 2021

Você já ouviu falar que está acontecendo uma invasão biológica de espécies alienígenas? Mas se você já está pensando que estamos sendo atacados por seres extraterrestres, mantenha a calma! Não é bem assim. Estamos sofrendo sim uma invasão alienígena, mas não por espécies de outros planetas!


São consideradas espécies alienígenas ou espécies exóticas, todas aquelas espécies que ocorrem naturalmente em um lugar, mas são levadas intencionalmente ou não pelo ser humano para outro local. Temos vários exemplos de espécies alienígenas ou exóticas, que fazem parte de nosso cotidiano. A banana e as galinhas por exemplo, são originárias da Ásia. A batata, da Cordilheira dos Andes e o eucalipto, da Austrália. A nossa agricultura e pecuária é formada praticamente por espécies nativas de outros países.


Contudo, espécies alienígenas ou exóticas, por si só, não são um grande problema. O problema está quando algumas destas espécies exóticas tornam-se invasoras. Por serem de outro lugar, as espécies exóticas que se tornam invasoras têm vantagens competitivas sobre as demais espécies nativas. Conseguem se reproduzir rapidamente, devoram suas presas facilmente por não saberem como se defender delas e se adaptam muito bem às condições ambientais do novo lugar. E por serem tão vorazes, dificilmente conseguimos controlá-las, ocasionando diversos prejuízos ecológicos, econômicos e até de saúde pública. 


Muitas destas espécies invasoras podem trazer doenças, como é o caso, por exemplo, do caramujo africano. Esta espécie de caramujo foi trazida da África para o Brasil, na tentativa de substituir a espécie original da receita de escargot. Porém, ela não foi muito bem aceita na gastronomia. Abandonada aqui no ambiente brasileiro, sem predadores naturais e com uma alta capacidade reprodutiva, esta espécie de caramujo se espalhou pelo Brasil afora, ocasionando prejuízos em plantações e transmitindo a nós humanos em alguns casos, um verme que pode ocasionar meningite.


O mexilhão dourado é outra espécie invasora, originária da Ásia, que tem invadido as águas brasileiras ocasionado prejuízos econômicos diversos. E o peixe-leão, nativo dos oceanos Pacífico e Índico e tão conhecido por sua beleza, já invadiu as nossas águas costeiras, literalmente devorando diversas de nossas espécies nativas. Já em terra, a braquiária e o Pinus, são exemplos de plantas que invadem ambientes diversos, impedindo a regeneração natural de nossas plantas nativas.


Enfim, cada espécie tem uma história evolutiva em um determinado local. Uma espécie não vive sozinha. Ela surgiu em um lugar mantendo relações diversas com as demais espécies que estão próximas e com o ambiente em que está inserida. Quando nós humanos mudamos o habitat de alguma espécie, podemos estar provocando prejuízos irreparáveis do ponto de vista ecológico e humano.


ASSISTA A VIDEOAULA:



You Might Also Like

1 comentários