CONHEÇA AS PLANTAS QUE PROTEGEM O CÉREBRO DE ALZHEIMER, DEPRESSÃO E ANSIEDADE

novembro 15, 2021

Desde os primórdios, as plantas já carregam a fama de serem curativas e preventivas. Atualmente, com a propagação maior dos benefícios de ter uma vida saudável, as pessoas estão dando cada vez mais atenção à espécie.

As vantagens de combater um problema de maneira natural são inúmeras. Por isso, reunimos quatro plantas conhecidas e que podem tratar doenças e males como:

  • Depressão
  • Ansiedade
  • Insônia
  • Alzheimer
  • Dificuldades respiratórias


Agora, vamos conferir quais são essas plantas “milagrosas”?

Alecrim

Famoso, o alecrim pode ter um poder curativo sob algumas doenças. Pesquisas recentes apontam, inclusive, que a planta pode melhorar a memória.

O referido estudo foi realizado com 60 pessoas de idade já avançada, que foram acompanhadas com certa assiduidade para análise de comportamento. Os idosos que consumiram alecrim tiveram os melhores resultados.

 

Hortelã

Se você tem dificuldade para respirar ou sofre de problemas estomacais, experimente o chá de hortelã, que também é rico em substâncias que protegem o cérebro.

Por outro lado, se a memória já não está em sua melhor fase, a dica é inalar um pouco do chá de hortelã. Isso fará com que o cérebro estimule suas funções.

Além disso, o sistema circulatório e a pressão arterial melhoram consideravelmente.

 

Gengibre

O gengibre não é exatamente uma planta, mas sim uma raiz. No entanto, poderoso como é, não poderia ficar de fora dessa lista de espécies benéficas.

Com propriedades anti-inflamatórias, ele estimula o funcionamento do cérebro e melhora o humor.

Na medicina indiana, crê-se que a raiz funciona de maneira preventiva ao mal de Alzheimer. Para isso, basta comer um pedacinho de gengibre todos os dias.

Porém, se a sua pressão arterial for alta, a indicação é consumir gengibre e canela apenas com autorização do seu médico.

 

Ginkgo biloba

A Ginkgo biloba é uma árvore originária da China que contém propriedades antioxidantes, capazes de proteger o cérebro. Logo, extremamente benéfica e vantajosa.

Diversos estudos comprovam que a planta pode evitar demência, uma vez que aumenta os níveis de oxigênio e melhora consideravelmente a circulação.

 

Cuidados

Vale lembrar que as informações acima condizem com tratamentos caseiros e não substituem uma consulta com um especialista. A medicina vive o avanço da tecnologia diariamente e, por isso, a ida ao médico será sempre indispensável.

You Might Also Like

0 comentários